Visita também o nosso Facebook e Canal de Youtube para ouvir as nossas músicas e interagir connosco:

www.facebook.com/Origemtradicional
www.youtube.com/origemtradicional


Desde 1978 militando ininterruptamente pela música tradicional, o Origem Tradicional é dos grupos mais antigos da cena tradicional, folk e popular portuguesa! Tem percorrido Portugal, entre teatros, festivais e romarias, e, internacionalmente, actuado em certames culturais folk e junto das comunidades emigrantes lusas, onde transmitem nos seus concertos a alegria do povo e do seu património secular...


Conta com 6 trabalhos discográficos: “Hei-de Subir ao Paço” (edição de autor, 1985), “Origem” (edição de autor, 1993), "Um sol maior" (Açor, 2007), os EPs "Ai bira que bira..." (Açor, 2011) e "Linda Noite" (edição online de autor, 2013) e o álbum "as boltas do bira..." (Açor, 2014), cheio de ilustres convidados – estando a trabalhar num CD/Livro comemorativo dos 40 anos de trabalho. Sem desvirtuar o passado e as suas sonoridades, querem sempre ter um papel importante na mostra da riqueza das nossas tradições às novas gerações e aos povos de todo o mundo, porque é um dos não muitos grupos de música tradicional que persiste...

Inserido no Grupo Cultural de S. Mamede de Este (Braga), com primeira aparição pública a 14 de Fevereiro de 1978, o Origem Tradicional assume a sua paixão pela música tradicional, dedicando-se ao estudo e à divulgação do nosso património etnomusicológico, entre viras, chulas, malhõese demais ritmos do folclore português. 


O Origem Tradicional tem sido presença assídua em Teatros, desde o Theatro Circo e o Teatro Vita, em Braga, ao Teatro da SOIR em Évora, em Romarias um pouco por todo o Norte do País e grandes Festivais de Música Folk e Tradicional como o mítico Andanças da Pé de Xumbo - S. Pedro do Sul, o Arredas Folk - Barcelos, a Festa do Avante, o Castro Galaico - Braga, o MascarArte - Bragança, A Festa do Caldo de Quintandona - Penafiel, o Festival de Música Tradicional de Braga, Die Lange Nacht der Music - Munique, entre outros...



"Num país onde a música tradicional é pouco reconhecida e valorizada, com uma projecção mediática praticamente nula, é de felicitar a constância de tantos anos de trabalho musical do Origem Tradicional, que foi compilando um vasto reportório de recolhas e de temas originais, que assim vão reinventando a tradição.." - Sara Vidal in Sons Vadios.




 

Origem Tradicional - Este Pandeiro (acústico para a MPAGDP @ Andanças'13